Pela dissolução da Assembleia Nacional pró-imperialista

por PCV [*]

Em conferência de imprensa da Comissão Política do PCV realizada em 14/Janeiro, o secretário-geral do CC, Oscar Figuera, avançou os seguintes tópicos importantes:

  • "Pedimos a dissolução da AN (Assembleia Nacional) em desacato e pró-imperialista ao serviço de interesses contrários ao nacional e a imediata convocação de eleições de uma nova Assembleia Nacional, acompanhado de um Governo de Unidade Popular Revolucionário com a presença de organizações populares, movimentos sociais, comunas, movimento sindical classista, entre outros".

  • "Manteve-se uma AN ao serviço do capital e com orientação de total desconhecimento do Presidente da República Bolivariana da Venezuela".

  • "Ter clareza de que o plano da reacção da direita interna é um instrumento do imperialismo norte-americano e europeu, os quais constituíram um TSJ (Tribunal Superior de Justiça) no exílio que não tem legalidade mas serve ao poder internacional".

  • "Exigimos da ANC (Assembleia Nacional Constituinte) e do Governo Nacional uma definição, em que avancemos numa linha de construção de um Governo de Unidade Popular Revolucionária".

  • "Denunciamos um quadro grave de ameaça à integridade e à paz do nosso país, assim como aos direitos do povo trabalhador venezuelano por parte do imperialismo norte-americano e europeu, através da configuração de um poder paralelo, poder dual, para desconhecer o processo venezuelano".

14/Janeiro/2019

[*] Partido Comunista da Venezuela.

O original encontra-se em https://www.facebook.com/PartidoComunistaVe/


Esta notícia encontra-se em http://resistir.info/ .
16/Jan/19